A 1ª Escola Brasileira de Síncrotron - EBS acontecerá entre 10 e 21 de julho no campus do Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM), em Campinas, SP. A escola é organizada por membros do Laboratório Nacional de Luz Síncrotron, e contará com aulas teóricas e práticas sobre diversos aspectos da produção e utilização da radiação síncrotron. Os cursos são voltados para estudantes em final de graduação, pós-graduandos e profissionais de várias áreas de atuação. As inscrições estão abertas até 03 de abril de 2017.

Esse é um evento que faz parte das comemorações dos 30 anos do Laboratório Nacional de Luz Síncrotron. A programação completa e instruções de inscrição podem ser obtidas no website da escola: > Escola Brasileira de Síncotron

É com enorme satisfação que a Comissão Organizadora informa que estão abertas as inscrições do 19o Congresso Brasileiro de Catálise e IX Congresso Mercosul de Catálise que será realizado em Ouro Preto, MG, entre 17 e 21 de setembro de 2017.

A inscrição dará direito a almoço

Aproveite os preços reduzidos da inscrição antecipada, fazendo-a até 05 de maio.

Esperamos vê-lo em setembro em Ouro Preto.

Atenciosamente,
Comissão Organizadora do 19CBCat

Para fazer a inscrição e realizar o pagamento, clique no banner principal da página da SBCat ou pelo site do congresso em www.19cbcat.com.br

Lembramos que os valores e períodos de inscrição são:

 

 

Até 05/05/2017

Até 28/08/2017

Após 28/08/2017 e no local

Categoria

Sócio SBCat

Não Sócio

Sócio SBCat

Não Sócio

Sócio SBCat

Não Sócio

Graduando

R$220,00

R$350,00

R$270,00

R$450,00

R$400,00

R$560,00

Pós Graduando (mestrado e doutorado)

R$400,00

R$550,00

R$525,00

R$675,00

R$650,00

R$850,00

Profissional /Pós-Doutorando/Professor

R$700,00

R$1100,00

R$825,00

R$1225,00

R$950,00

R$1350,00

Acompanhante

-

R$400,00

-

R$450,00

-

R$500

cientista-premio

Prezados Colegas da SBCat


A Diretoria da SBCat tem o prazer de anunciar a sétima edição do

"Pesquisador em Catálise" cujo o objetivo é o de incentivar o pesquisador atuante em um dos aspectos da catálise no nosso país, premiando o candidato que tenha apresentado uma das melhores contribuições para o desenvolvimento dessa área do conhecimento no Brasil.

A comissão avaliadora do prêmio será composta por:

Professora Cristiane Assumpção Henriques – UERJ

Professora Adriana de Paula Ferreira – UFSCar

Professor Pedro Augusto Arroyo – UEM

Segue, a seguir, o Regulamento do Prêmio - versão 2017

PESQUISADOR EM CATÁLISE 2017

Promoção da Sociedade Brasileira de Catálise 


A) O CONCURSO:
1) O concurso "Pesquisador em Catálise" será realizado a cada dois anos, promovido pela Sociedade Brasileira de Catálise (SBCat).
2) O resultado deste sétimo concurso será anunciado durante o 19o Congresso Brasileiro de Catálise, a ser realizado em 2017, sendo denominado Pesquisador em Catálise 2017.

B) O PRÊMIO:
1) O Prêmio Pesquisador em Catálise será entregue em Sessão Plenária do 19o Congresso Brasileiro de Catálise, no qual o escolhido receberá um diploma e uma placa alusivos ao prêmio.

C) REQUISITOS PARA INSCRIÇÃO
1) Na data de sua inscrição no concurso, o candidato deverá possuir o título de Doutor há mais de 5 anos e ter menos de 40 anos de idade.
2) No momento da inscrição da sua candidatura no concurso e no ano do julgamento, o candidato deve ser sócio da SBCat.
3) Se a SBCat oferecer outros prêmios no mesmo Congresso (19o CBCat), o candidato só pode estar envolvido em um dos concursos.

D) PROCEDIMENTO PARA INSCRIÇÃO
1) As inscrições para o concurso "Pesquisador em Catálise" ocorrerão durante o período de preparação do 19o CBCat, só sendo aceitas inscrições com documentação completa.
2) Para participar do concurso, o candidato deve encaminhar à Comissão Julgadora os seguintes documentos digitalizados (arquivos em pdf):
a) Carta solicitando a sua inscrição no concurso, declarando que sua candidatura atende aos requisitos descritos nos item C e se comprometendo a participar do 19o CBCat.
b) Curriculum vitae contendo os principais aspectos de sua atividade profissional (máximo cinco páginas),
c) Trabalho Completo, destacando a importância de seus temas de estudo e contendo um panorama e a repercussão dos principais resultados de pesquisa em catálise, obtidos pelo candidato. O trabalho deve ser redigido conforme as normas do 19° CBCat, para ser incluído nos Anais do Congresso, caso o trabalho seja premiado.
Obs.: O concurso só garante a apresentação, no 19o CBCat, do trabalho do candidato que for premiado. Os candidatos inscritos no concurso que queiram garantir a sua participação no 19° CBCat, independentemente de serem premiados ou não, devem enviar seus trabalhos também para a Comissão Científica do 19o CBCat, seguindo as normas e prazos definidos pelos organizadores do congresso.

E) CRONOGRAMA
1) de 01 de maio de 2017 a 31 de maio de 2017: inscrições;
2) até dia 31 de julho de 2017: encaminhamento do parecer da Comissão Julgadora sobre a classificação dos candidatos, à Diretoria da SBCat.
 
Encaminhar a documentação digitalizada para a Diretoria da SBCat pelo endereço: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Prezados Colegas da SBCat,

É com grande prazer que a Diretoria informa que a nova página da internet da SBCat está disponível pelo endereço http://www.sbcat.org. A nova página ainda se encontra em construção já que os dados mais importantes e relevantes estão sendo migrados pouco a pouco do antigo portal.

Apesar de a página ainda estar em construção, o grande e velho problema de emissão de boletos para pagamento das anuidades foi finalmente resolvido.

Os associados que pagaram ao menos uma anuidade entre 2014 e 2016 já se encontram devidamente cadastrados no sistema sendo, no entanto, recomendado que no primeiro acesso os dados pessoais sejam atualizados. Associados que deixaram de pagar as anuidades entre 2014 e 2016 serão considerados como novos sócios e terão que preencher o seu cadastro, escolhendo a opção “Associe-se” conforme representado abaixo.

Para a emissão dos boletos o associado deverá digitar o seu CPF na janela localizada no canto superior direito da página e, em seguida, escolher a opção “Esqueci a minha senha”, conforme mostrado na figura a seguir.

A criação do prêmio “Roberto Fernando de Souza de Excelência em Catálise” foi aprovada por unanimidade na 10a Assembleia Geral da Sociedade Brasileira de Catálise realizada no dia 16 de setembro de 2015, durante o 18o Congresso Brasileiro de Catálise.

Roberto foi um entusiasta da catálise no país, tendo participado ativamente da criação da Sociedade e sido seu Presidente por dois mandatos consecutivos além de ter sido o responsável de diversas edições de CBCat, nas quais exercia com êxito suas capacidades em congregar os membros de nossa Sociedade. Porém, acima de tudo, Roberto foi um dos principais cientistas em catálise no Brasil ao seu tempo, tendo sido pioneiro no uso de líquidos iônicos, assim como contribuído para a formação de um núcleo de catálise no sul do país, sobretudo com foco na catálise homogênea voltada para processos de oligomerização e polimerização e tendo orientado suas ultimas linhas de pesquisa na geração de energias alternativas e na área da química verde.

Roberto se destacou pela liderança e inovação na pesquisa, sabendo encontrar interfaces eficientes com parceiros industriais, tendo publicado inúmeros artigos em revistas de alto impacto, orientado diversos alunos de pós-graduação, muitos dos quais seguem seu legado científico na área, além de ter atuação destacada na área administrativa, como Diretor do Instituto de Química da UFRGS, coordenador de numerosas comissões da UFRGS e presidente da SBCat, entre outras atividades. Um prêmio com o seu nome é uma justa homenagem que a SBCat faz ao cientista brilhante, que prematuramente nos deixou e que tem um grande legado para ser conhecido pelas gerações futuras.

O fundamento do prêmio é o de reconhecer a excelência na pesquisa e formação de recursos humanos em catálise no Brasil, nos últimos 10 anos, por qualquer um dos membros da SBCat. O objetivo é premiar um indivíduo pela excelência de seus trabalhos no entendimento da catálise e no desenvolvimento de novos catalisadores e processos catalíticos, abrangendo a catálise homogênea, catálise heterogênea, biocatálise, eletrocatálise, fotocatálise, preparação, caracterização ou avaliação de catalisadores, modelagem de catalisadores, de reatores ou de processos catalíticos, entre outros aspectos. Também deverá ser considerada a excelência na formação de recursos humanos, atestada pela orientação de teses de doutorado e dissertações de mestrado.

A Diretoria da SBCat (Biênio 2015-2017) nomeou uma comissão composta pelos Professores Claudio José de Araújo Mota (UFRJ), Michèle Oberson de Souza (UFRGS) e Roger Fréty para selecionar os potenciais candidato ao prêmio e fazer a sua indicação. Após um período de análise e discussão, a Comissão indicou o nome do Professor Martin Schmal que receberá o prêmio durante o 19o CBCat, quando também proferirá uma palestra plenária.

Assim, é com imenso prazer e satisfação que a Diretoria da SBCat (Biênio 2015-2017) parabeniza o Professor Martin Schmal por mais essa conquista.

A integra do relatório da Comissão de Seleção do Prêmio Roberto Fernando de Souza de Excelência em Catálise é apresentado a seguir.

Relatório de indicação ao Prêmio Roberto Fernando de Souza de Excelência em Catálise

Comissão de Seleção: Claudio J. A. Mota (UFRJ), Michèle Oberson de Souza (UFRGS), Roger Frety

A Comissão de Seleção discutiu por e-mail alguns critérios e nomes de potenciais candidatos, dada a distância física entre os membros. Ficou decidido que o prêmio deveria contemplar um pesquisador que, além da excelência em pesquisa e formação de recursos humanos na área de catálise, tivesse uma atuação destacada em prol da Sociedade Brasileira de Catálise (SBCat). Após análise de alguns nomes potenciais a Comissão de Seleção resolveu indicar para vencedor da 1a edição do Prêmio Roberto Fernando de Souza de Excelência em Catálise o Prof. Emérito da UFRJ Martin Schmal. A escolha se deu em função de toda uma carreira dedicada à pesquisa em catálise, formação de recursos humanos de alta qualificação e pelos serviços em prol da criação e crescimento da SBCat. A seguir, será feita uma justificativa detalhada da atuação do Prof. Schmal, que levou a Comissão a decidir pela sua indicação para vencedor da 1a edição do Prêmio Roberto Fernando de Souza de Excelência em Catálise.

O Prof. Schmal obteve seu doutorado em Engenharia Química pela Universidade Técnica de Berlim em 1970. Começou a lecionar na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) em 1970, sendo promovido a Professor Titular em 1985. Atualmente, é Professor Emérito desta mesma Universidade e atua como Consultor do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) em São Paulo. É Pesquisador Emérito do CNPq, membro titular da Academia Brasileira de Ciências (ABC) e da Academia Nacional de Engenharia. Foi fundador e primeiro presidente da Sociedade Brasileira de Catálise (SBCat). O Prof. Schmal tem 217 artigos publicados em revistas indexadas, possuindo 3870 citações e índice h 32 pelo web of science. Ele é, ainda, autor e co-autor de quatro livros: Cinética Homogênea e Reatores (1982); Cinética e Reatores (2010), Catálise Heterogênea (2011) e Chemical Reaction Engeneering, Essentials, Exercises and Examples (2014). É co-autor de um pedido de patente e possui inúmeros trabalhos apresentados em congressos nacionais e internacionais, bem como palestras e seminários em eventos científicos. No que tange a formação de recursos humanos de alta qualificação o Prof. Schmal tem um desempenho excepcional. Até hoje, orientou e co-orientou 37 dissertações de mestrado e 55 teses de doutorado. Cinco dissertações e cinco teses estão em andamento. Dentre os alunos egressos do seu grupo há vários que atuam com destaque na área de catálise, podendo-se citar: Eduardo Falabella Souza-Aguiar (EQ/UFRJ), Elizabeth Jordão (Unicamp), Fábio Bellot Noronha (INT), Victor Teixeira (COPPE/UFRJ e atual presidente da SBCat), Fábio Passos (UFF), Lucia Appel (INT), Donato Aranda (EQ/UFRJ), Mariana Mattos Souza (EQ/UFRJ), José Geraldo Pacheco (UFPE), Nadia Regina Fernandes (UEM), Marcelo Maciel (IQ/UFRJ), Fabiana Mendes (INT), Carlos Renê Klotz (Petrobras), Robson Monteiro (CBMM, consultor), Andrea Pinho (Petrobras), Ricardo Reis Soares (UFU), Rodolfo Roncollato (Petrobras), entre outros. O Prof. Schmalrecebeu inúmeros prêmios em reconhecimento ao seu trabalho acadêmico, destacando-se o Humbolt Research Award (2003), Prêmio Ciência e Tecnologia do México (2003), Prêmio Scopus/Elsevier/Capes (2009 e 2011), Prêmio Pesquisador Sênior pela FISOCAT e a Medalha Max Planck da Alemanha em 2014. É membro do corpo editorial da Applied Catalysis, Catalysis Today e dos Anais da Academia de Ciências. A Comissão gostaria de destacar, ainda, que além de contribuir para o desenvolvimento da catalise no Brasil e ter números expressivos de publicações e orientações de alunos, o Prof. Schmal foi um pioneiro na internacionalização da catálise brasileira. Sua participação na organização do 6° Simpósio Iberoamericano de Catálise-Rio de Janeiro 1976 -, do 3rdInternational Symposium on Group V Elements - Rio 1999 - e do 8th Natural Gas Conversion Symposium -Natal 2007- publicado em Studies in Surface Science and Catalysis N° 167 são exemplos que permitiram mostrar no exterior, o potencial do Brasil para organizar grandes eventos na área, que contaram com a participação de inúmeros cientistas de renome mundial. Isso abriu as portas para que eventos internacionais de grande porte, como a International Zeolite Conference, pudessem ser realizados no Brasil nesta década. Ele foi, também, ponto de partida para cooperações internacionais, mantendo contatos com grupos de pesquisa da França, Estados Unidos e Alemanha, incentivando seus alunos e colegas para aproveitar estas oportunidades, efetuando estágios e tendo formações complementares no exterior. Isso, sem dúvida, enriqueceu significativamente a catálise no país, abrindo novas portas de colaboração e formando especialistas em técnicas e assuntos de importância para a área, que continuam atuando ativamente no Brasil. Ainda dentro da contribuição do Prof. Schmal para a internacionalização da catálise do Brasil, pode-se citar os inúmeros convites a especialistas estrangeiros para visitas e estadias em seu Laboratório e de outros grupos brasileiros. Esta dimensão internacional aparece claramente nas publicações do Prof. Martin Schmal, onde 25 % delas levam co-assinaturas estrangeiras. Por todas as contribuições listadas, quantitativas e qualitativas, o Prof. Martin Schmal mereceu a indicação unânime da Comissão de Seleção para vencedor da 1o edição do Prêmio Roberto Fernando de Souza de Excelência em Catálise, a ser oferecido pela SBCat por ocasião do 19o Congresso Brasileiro de Catálise, que será realizado em setembro de 2017 em Ouro Preto, Minas Gerais.

Rio de Janeiro, 22 de Setembro de 2016.

Claudio J. A. Mota (UFRJ)

Topo